Há quem diga que é impossível fazer um casamento com baixo orçamento. Tudo o que envolve essa celebração, a princípio, parece envolver altas quantias de dinheiro. No entanto, é sim possível fugir disso e realizá-lo com um investimento financeiro menor.

Para isso, é claro, você precisará fazer algumas pequenas concessões. Mas não pense que será preciso abrir mão dos seus sonhos! Na verdade, você vai ter, principalmente, que conter seus impulsos de fazer compras e contratações imediatas e começar a refletir sobre as suas escolhas.

Pensando nisso, preparamos 5 dicas que vão te ajudar muito a economizar nos preparativos. Não deixe de conferir!

1. Planeje com antecedência

Planejar deve ser a palavra de ordem das noivas e noivos que querem economizar. Ao fazer um planejamento antes de começar os preparativos, vocês devem colocar no papel tudo o que desejam em ordem de prioridade para, aí sim, começar a pesquisar.

E, fazendo isso com antecedência, vocês poderão pesquisar preços com mais calma, garantindo, assim, que não pagarão muito caro por um serviço que precisou ser contratado de última hora.

Além disso, vocês terão mais tempo para se dedicar a tarefas manuais, como falaremos mais adiante, que também são indispensáveis para quem quer reduzir os custos do casamento.

2. Defina um orçamento

Você e seu noivo sabem quanto querem e podem gastar com a celebração? Para economizar, vocês precisam ter esse valor em mente.

Depois disso, definam quanto será investido em cada serviço, levando em consideração seu custo médio e o quão importante ele é para vocês. Dessa forma, vocês garantem que itens essenciais (como o buffet) ou dos quais vocês não abrem mão (como, por exemplo, um fotógrafo específico) estarão contemplados.

3. Estabeleça prioridades

Para realizar um casamento com baixo orçamento, vocês precisarão estabelecer algumas prioridades, conforme já falamos brevemente. É normal que os casais tenham sonhos, mas, quando há um limite de gastos, é fundamental saber quais desses são realmente importantes e quais são apenas impulsos.

Por isso, o planejamento e o orçamento são etapas tão importantes. Nelas, você consegue relacionar desejo e custo, avaliando quais deles são realmente prioridades para vocês.

Por exemplo, o que é mais importante: aquele espaço incrível com o qual vocês sempre sonharam em se casar ou lembrancinhas super exclusivas e, consequentemente, bastante caras? Avalie bem essas questões.

4. Não tenha medo de investir no DIY

Investir no DIY reduz muito os custos dos preparativos, pois vocês pagam apenas pelos materiais — já que a produção será toda feita pelo casal. Veja só algumas coisas que vocês podem fazer sem prejudicar em nada a beleza da festa:

Além de comporem uma decoração exclusiva, o ar de “feito em casa” que essas peças trazem deixam a atmosfera do casamento mais intimista.

5. Reduza o número de fornecedores

Quanto mais fornecedores vocês tiverem no casamento, mais difícil será ter organização e controle dos gastos. Por isso, simplificar é fundamental.

Você pode, por exemplo, escolher um local que ofereça pacotes de serviço incluindo buffet, bebidas, decoração, doces, bolo e bem-casados. Fechando tudo com a mesma empresa, você terá duas vantagens:

  • descontos: é mais fácil negociar um desconto quando você está contratando diversos serviços de um mesmo fornecedor;
  • economia de tempo: resolvendo tudo com uma única empresa, você ganha tempo para procurar outros itens que não estejam ainda resolvidos — podendo, assim, pesquisar preços com mais tranquilidade.

Deu para notar que fazer um casamento com baixo orçamento não é tão difícil quanto algumas pessoas imaginam, não é mesmo? Começando com antecedência e com um bom planejamento, sem dúvidas vocês vão conseguir reduzir o investimento na festa sem perder a qualidade e a beleza que ela deve ter.

Quer acessar mais conteúdos como esse para te ajudar a planejar seu casamento? Então siga nossas redes sociais! Estamos no Facebook e no Instagram!